Como declarar o apartamento financiado no imposto de renda?
09/05/22

O imposto de renda é uma das mais importantes tributações para o país e envolve uma série de regras necessárias para a sua correta declaração. Não é uma tarefa fácil, mas com um pouco de informação você conseguirá executar da melhor maneira possível.

Para aqueles que estão com vontade de financiar um apartamento ou para quem já conseguiu esse grande sonho, chegou a hora de descobrir como colocar no imposto de renda o valor que está sendo pago para ser tributado corretamente.

Caso você receba rendimentos tributáveis, anualmente, acima de R$ 28.559,70, chegou o grande momento. O prazo final de entrega para este ano de 2022 encerra no dia 31 de maio e juntamos as informações necessárias para deixar você completamente inteirado.

Todos os imóveis devem ser devidamente declarados

imposto

Seja um apartamento pronto e mobiliado ou mesmo um imóvel na planta, que ainda está sendo construído, tudo deve ser mostrado ao governo. Ou seja, mesmo que você não tenha um rendimento anual maior que o valor base estipulado, a aquisição de propriedades acima de R$ 300.000,00 já exige o Imposto de Renda (IR). 

Fazendo a declaração do imóvel financiado no IR

imposto

Dois enganos podem ser comumente feitos na hora de fazer essa declaração.

1-O valor declarado deve ser o que foi efetivamente pago no ano de aquisição, não o preço de mercado;

2-Este financiamento é declarado na aba de “Bens e direitos”, e não em “Dívidas e ônus reais” como algumas pessoas normalmente pensam.

Nesta aba, será preciso informar o código 11 para o apartamento financiado e logo após deve ser colocada a maior quantidade possível de informações como: endereço, valor da entrada, saldo devedor, forma da aquisição e etc.

Caso você tenha utilizado o FGTS como forma de pagamento e também ter quitado o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), esse é o momento certo para colocar no seu imposto.

É importante ficar atendo a alguns detalhes:

  • Se você comprou o apartamento no ano base do imposto, neste caso, 2021, deve-se ser lançado na ficha o saldo de R$ 0,00 em dezembro de 2020;
  • No entanto, em dezembro de 2021, deve ser lançado um saldo com todos os valores que foram gastos durante o processo de aquisição do bem, desde as taxas até valores da entrada, por exemplo;
  • Em casos de você ter adquirido esse financiamento em anos passados, o saldo deve ser lançado em dezembro de 2020 e, em 2021, colocar o valor das parcelas pagas ao longo de todo o ano; 
  • Na possibilidade de aquisição à vista do apê, você deve declarar todo o saldo em dezembro e copiar nos demais anos.

Após tudo isso, pronto! O seu financiamento estará declarado de maneira correta ao Imposto de Renda. No entanto, separamos também, para sua atenção, alguns erros que devem ser evitados nesse processo.

1-Não atualize o valor do imóvel baseado-se no preço de mercado;

2-Categorize o financiamento na aba correta;

3-Não deixe de fora as reformas realizadas.

CONCLUSÃO

É com todos esses passos e dicas que colocamos aqui que você irá conseguir realizar uma declaração de imposto mais assertiva e manter-se em regularidade com o governo, esperando apenas o momento de entrar no apartamento para viver o grande sonho com família e amigos.

Caso ainda esteja procurando imóveis ideais para adquirir, a HausBau tem as melhores opções no estado de São Paulo com empreendimentos clubes sensacionais.

Fale com nossos atendentes e consulte as condições facilitadas de pagamento e financiamentos de até 100%! Esperamos por você.

imoveis

Que a busca por imóveis permanece aquecida durante todo o ano, disso sabemos. Todos os semestres a procura por apartamentos cresce no B ...

Planta

Quando começamos a procurar um apartamento na planta é muito comum surgir dúvidas a respeito do imóvel valorizar ou não durante tod ...

gastos

O mês de janeiro é marcado por muitos gastos financeiros, como IPTU, IPVA, matrículas em cursos, férias escolares, materiais, e muit ...