Como economizar nos gastos de início do ano?
21/01/22

O mês de janeiro é marcado por muitos gastos financeiros, como IPTU, IPVA, matrículas em cursos, férias escolares, materiais, e muitos outros custos. Ao mesmo tempo que o início do ano é ponto de partida para metas, objetivos e esperança de um ano melhor que o anterior. 

Para que tudo dê certo, é preciso se organizar para evitar passar sufoco durante o ano e conseguir alcançar suas metas financeiras. 

Por isso, trouxemos 6 dicas infalíveis para você colocar em prática e descobrir que não é impossível economizar nos gastos de início do ano. 

Aproveite esse clima de novas realizações para mudar seus hábitos antigos e ter um ano com a vida financeira tranquila.

Confira 6 dicas que vão te ajudar a começar o ano economizando e  ter mais dinheiro durante todo o ano.

1 – Use o ano anterior como referência

gastos

Como foi a sua vida financeira em 2021? Saber essa resposta é essencial para conseguir estabelecer objetivos e metas para o próximo ano. 

Saiu das dívidas? Entrou em dívidas? Gastou mais do que devia? Economizou o máximo possível? Abusou nas festas de final de ano? Comprou presentes muito caros?

Faça essa análise pessoal de acordo com todas as suas receitas e despesas do ano anterior. 

Isso é muito importante para que você consiga fazer um diagnóstico do que aconteceu. Se algo deu certo, repita. Se algo deu errado, evite. 

Com essa reflexão, você consegue ver onde pode economizar em 2022 – principalmente nos primeiros meses.

2 – Use a boa e velha planilha de gastos

gastos

Como dissemos, o início do ano é marcado por muitos custos já previstos, como IPTU, IPVA, matrículas escolares. 

Além disso, também existem outros gastos que variam de pessoa para pessoa. Se o seu filho está de férias, talvez você tenha mais gastos em lazer com ele. Se você está na faculdade, é a época de pagar a taxa de matrícula. E assim por diante.

Para ter mais controle sobre os seus custos fixos (e variados), faça uma planilha com todos esses gastos para que você visualize tudo que precisa pagar nos próximos dias. 

Se conseguir projetar para os próximos meses, melhor ainda. Dessa forma, é muito mais fácil ter noção de quanto você precisa ter para pagar tudo e, assim, basta se policiar para não gastar mais que devia. 

Pensa sua vida financeira como uma empresa que precisa saber todos os gastos e todas as receitas que possui mensalmente.

3 – Invista logo no primeiro mês

gastos

Você tem o hábito de investir o seu dinheiro? Se sim, a dica é continuar a fazer isso, inclusive, no início do ano. 

Agora, se é algo que você ainda considera fazer, tenha em mente que é a hora de você reverter essa situação e começar a ganhar mais dinheiro logo no primeiro mês do ano.

Sabe os gastos que nós acabamos de falar? Trate o investimento como um gasto obrigatório. 

A dica é: separe uma quantia para investir logo no início do mês. Na hora de pagar todos aqueles boletos mensais, coloque um “boleto” do investimento para que você se obrigue a aplicar o dinheiro. Vale lembrar que não precisa ser uma quantia absurda.

Dá para investir em bons produtos (e seguros) com valores baixos e que cabem no seu orçamento.

4 – Que tal uma renda extra?

gastos

Se você está preocupado com os gastos de início de ano e não sabe como vai ser o seu 2022, ter uma renda extra pode ser uma ótima saída para ter mais tranquilidade financeira ao decorrer do ano.

O investimento, por exemplo, pode se tornar uma renda extra no futuro, já que você está ganhando um rendimento mensal (ou diário) e é um dinheiro que você não ganharia normalmente.

Além disso, busque novas fontes para completar a sua renda e fazer com que você tenha mais dinheiro durante todo o ano. 

Vender objetos que não usa, procurar vagas temporárias em datas sazonais, fazer freelancers, vender comida ou artesanato, dar algum curso… São muitas opções que podem te trazer uma receita a mais todos os meses do ano.

5 – Foque nos seus objetivos

gastos

Quais são as suas metas para o ano? Por mais que você não tenha pensado nisso, no mundo das finanças é importante ter objetivos definidos. 

Depois de decidir tudo que quer realizar, torne o seu objetivo palpável e crie um planejamento para conquistá-lo.

Exemplo: você quer comprar um carro até o final de 2022? Ou o seu imóvel próprio?  Qual será o gasto para isso? Traga o seu sonho para realidade e planeje-se.

Quando souber qual é a quantia que precisa, quanto terá que economizar por mês para conseguir? Quais investimentos são indicados para esse prazo que você precisa? Fazer essa análise vai te ajudar a concluir seus objetivos mais rapidamente.

6 – Corte gastos supérfluos

gastos

Essa última dica é a mais importante de todas, pois se você quiser ter uma vida financeira mais tranquila em 2022, não tem como fugir: é preciso economizar! Para isso, é necessário que você corte gastos supérfluos para ter mais dinheiro na conta.

Que tal ir para o trabalho de bicicleta uma vez na semana? Ou trocar os almoços caros por marmita? E aquela assinatura de TV a cabo que você nunca usa? São muitas opções que podem parecer bobagens, mas que fazem muita diferença no final do mês.

Em finanças pessoais, é necessário abrir mão de algumas pequenas coisas para ter uma melhor experiência no futuro. 

Se você começar com esses cortes logo em janeiro, por exemplo, é muito mais fácil criar o hábito da economia para o resto do ano e, aos poucos, acumular um patrimônio muito maior do que você esperava.

financiar

Financiar um imóvel é uma tarefa que passa por criteriosas análises antes da sua definitiva aprovação, dependente de diversos fator ...

imposto

O imposto de renda é uma das mais importantes tributações para o país e envolve uma série de regras necessárias para a sua correta ...

imoveis

Que a busca por imóveis permanece aquecida durante todo o ano, disso sabemos. Todos os semestres a procura por apartamentos cresce no B ...